Música e Dança

A primeira grande cultura a infundir a música em sua sociedade foi o Egito Antigo. Todos os tipos de celebrações eram cheios de música e dança.

 

Como qualquer festa haviam dançarinas, cantores e músicos tocando flautas, harpas, tambores , címbalos e tamborins.
Durante os festivais e festas religiosas , a dança e a música era uma prática bastante difundida.

 

Em muitas pinturas nos interiores de tumbas e em papiros podemos ver cenas interessantes de mulheres tocando e dançando.

A importância da música no Antigo Egito pode ser facilmente comprovada pelo número de instrumentos musicais espalhados nas coleções dos museus por todo o mundo.

 

A dança foi muito mais do que um passatempo no Antigo Egito.

 

Durante o período Pré-Dinástico encontramos figuras femininas de Mulheres e Sacerdotisas dançando com os braços erguidos no alto da cabeça.

 

O ato da dança teve um carácter de muita importância no Antigo Egito no que diz respeito a rituais religiosos e celebrações.
As mulheres dançavam geralmente reverenciando deuses , como o deus da inundação Hapy, a fim de garantir uma boa colheita.
Rituais de dança são vistos nos afrescos das tumbas e revelam que homens e mulheres raramente dançavam juntos.
As dançarinas que acompanhavam os funerais foram conhecidas como MU DANCERS, elas usaram coroas vermelhas e um tipo de vestimenta diferenciada. Eram contratadas especialmente para estas ocasiões e realizavam danças próprias para funerais.
Gostaria de obter mais informações sobre dança no Antigo Egito , leia o livro : Ancient Egyptian Dances de Irena Lexova.

 

Este livro traz uma boa fonte de referencia sobre este assunto.

 

A imagem da acrobata é uma figura bastante conhecida no Egito Antigo, ela mostra a dançarina usando apenas uma faixa na cintura fazendo uma performance bastante complicada.

 

A dança era versátil e além dos movimentos costumeiros também incorporava acrobacias complicadas, essas danças acrobáticas eram realizadas com menor frequência e mostrava as habilidades de uma dançarina.

 

As dançarinas no Egito Antigo podiam ter caráter de entretenimento ou religioso. No império Antigo as dançarinas e músicos eram organizados em grupos bastante organizados conhecidos como " khener".

 

Inicialmente estes grupos eram liderados por mulheres conhecidas como " Administradoras das Dançarinas Reais"em rituais funerários, mas como passar do tempo este cargo passou a ser assumido por homens.

 

O mesmo porém não se aplicava nos templos onde homens e mulheres dançavam juntos em reverencia aos deuses.
Nas procissões aos deuses homens e mulheres também dançavam e cantavam.

 

Outro livro que recomendamos caso tenha interesse em aprofundar-se na dança como arte veja o livro:

 

- Serpent of the Nile : Woman and Dance in the Arab World - Wendy Buonaventura .

  • facebook-square
  • Twitter Square
  • google-plus-square

Copyright Egiptologia Brasileira 2018