Escrita no Antigo Egito

O que nos intriga no Antigo Egito não são somente os templos magníficos, seu povo e sua cultura mas principalmente sua escrita enigmática conhecida como hieróglifos.

Mas os hieróglifos não é única escrita do Antigo Egito, tivemos também o hierático e o demótico.

Aqui vamos conhecer um pouco mais sobre estas escritas enigmáticas.

Hieróglifos:

A palavra Hieróglifo vem do Grego e significa letras sagradas.

O Hieróglifo básico consiste em tres signos básicos: Fonogramas, Logogramas e Determinativos.

Eles podem ser dispostos em linhas horizontais ou verticais e vem sendo usados desde o período Gerzeano ou seja cerca de 3.200AC. Ele continuou a ser usado até o 4o. século depois de Cristo.

A última escrita em hieróglifos conhecida está na Ilha de Philae no Portão de Adriano escrita em 24 de agosto de 394 depois de Cristo.

Aparentemente uma pequena porção da população no Egito Antigo era apta a ler e escrever. Entre elas está a classe dos escrivas.

Os hieróglifos foram usados em templos e monumentos funerários , um dos grandes exemplos são os Textos das Pirâmides que consiste em 800 encantamentos escritos no interior das câmaras de nove pirâmides do Reino Antigo.

Hierático:

O Hierático é a forma cursiva dos hieróglifos, ou seja a forma mais simples. Hierático vem do Grego e significa "sagrado". Ele é datado do final do período dinástico .

O Hierático é sempre escrito da direita para esquerda , mas sua orientação pode variar. 

Até a 11a. Dinastia o hierático era arranjado em colunas mas a partir da 12a. Dinastia eles começaram a ser arranjados em linhas horizontais.

Com o hierático os escribas tinham mais facilidades em escrever documentos ou ostracas (pedaços de cerâmica), isso facilitava muito o dia-a-dia.

Uma variação conhecida como "hierático anormal" foi usado durante o Terceiro Período Intermediários para escrita de textos de negócios.

Demótico:

O demótico vem a ser chamado no início de hierático de negócios, seu nome também vem do Grego e significa "escrita popular"

É uma forma de escrita cursiva conhecida pelos egípcios como sekh shat ( escrita para documentos), que vem a substituir o Hierático exceto em textos religiosos e funerários.

Primeiramente foi usado em textos comerciais e burocráticos mas durante o período Ptolomaico também passou a ser usado em monumentos.

Podemos ver um bom exemplo da escritura demótica na Pedra de Rosetta.

O demótico continuou a ser usado juntamente com o Grego durante o Período Ptolomaico a fim de separar a documentação egípcia das documentações gregas na corte.

  • facebook-square
  • Twitter Square
  • google-plus-square

Copyright Egiptologia Brasileira 2018